top of page

Língua portuguesa na Costa Rica: Qual a importância?


Este artigo pertence ao dossiê "Língua portuguesa" - Artigo 1


Quando vivemos no Brasil, pouco se sabe sobre a importância do nosso próprio idioma em outros países. Quantas vezes ouvimos falar sobre a necessidade de aprender outros idiomas, principalmente inglês, em todo o mundo?


Mas nunca pensamos se o Português é importante em algum país, o suficiente para que pessoas paguem cursos, invistam seu tempo, para se dedicar a esse idioma falado por mais de 250 milhões de pessoas.




Mas afinal, qual a importância da língua portuguesa pelo mundo?


Falando Português pelo mundo


Hoje em dia, mais ou menos 260 milhões de pessoas falam Português, ou seja, cerca de 3,7% da população mundial. Além do Brasil, vários países na África e na Ásia falam o idioma, e Portugal também está incluído nessa lista.

Bandeiras dos países que falam português pelo mundo
Bandeiras dos países que falam português pelo mundo

Mas quando pensamos em nosso idioma, não damos a devida importância, e não pensamos o quão importante ele é pelo mundo, e como muda a vida de várias pessoas, relacionadas a emprego, a educação e conhecimento cultural.


Diplomata Sérgio Vieira de Mello

Um fato muito importante sobre a mudança na vida de um país inteiro relacionado ao nosso idioma, é que o diplomata brasileiro Sérgio Vieira de Mello ajudou Timor Leste a se tornar independente da Indonésia e, por essa razão, foi homenageado pelo país, além de ter tornado o Português um idioma oficial, sendo que hoje mais de 5% da população ainda fala Português.




Inclusive, quando o diplomata foi assassinado em um atentado à sede da ONU no Iraque (estava pelo país para mediar o conflito existente até então), o país asiático ficou de luto, e mais uma vez prestaram suas homenagens ao brasileiro.


O fato citado acima é somente um dos exemplos de como o nosso idioma pode mudar, ou já mudou, a vida de muitas pessoas.


Falando Português na Costa Rica


A Costa Rica, um pequeno país da América Central com um pouco mais de cinco milhões de pessoas, possui uma estreita relação com o Brasil. Isso porque muitas empresas multinacionais, como a Pfizer, Roche, Microsoft, entre outras, têm seus centros financeiros ou de atendimento ao cliente no país.



Assim, por trabalharem diretamente com o mercado brasileiro, a população se vê frente a um desafio: aprender Português, um idioma tão parecido e ao mesmo tempo tão diferente do Espanhol.




Além disso, também vemos nas TVs das famílias costarriquenhas as novelas brasileiras, as quais passam em espanhol, dubladas. Mas a curiosidade é despertada pelas músicas do programa, já que elas não são dubladas ou traduzidas.


Quando um brasileiro visita o país, também pode ter a grata surpresa de estar em um Uber, e de repente lhe perguntarem se é do Brasil: o motorista começa a falar em Português ou diz que é apaixonado pela cultura, quer conhecer o país, entre muitos outros rasgados elogios. É algo que não imaginamos, nos deixa muito surpresos.


O ensino de português por aqui muda tantas vidas, que mudou a minha. Quando cheguei no país, pensava que ia continuar exercendo minha profissão de então, trabalhando na área do Comércio Internacional. Mas a vida nos leva por tantos caminhos que cá estou, como uma professora muito orgulhosa de português para estrangeiros, e muito satisfeita por ter feito parte da mudança da vida de tanta gente.


A Tiquicia, como é chamado carinhosamente o país, tem muitas escolas e institutos focados no ensino da língua portuguesa, devido às empresas que abrem suas portas e dão oportunidades aos costarriquenhos, como falamos acima. Dentro desses institutos, os cidadãos têm a chance de mudar de vida porque, se você fala português (e inglês, idioma muito comum no país), o salário pode aumentar, podem ter melhores oportunidades de carreira.


“A língua portuguesa nos permite ter mais oportunidades de trabalho, melhora o nosso currículo, portanto o salário. À medida que mais pessoas falam português, mais empresas que precisam da língua desejam vir ao país para fazer seus investimentos, permitindo mais oportunidades de crescimento econômico para muitas famílias.” Natalia Jarquín, profissional na área de Customer Service na Costa Rica

"No meu país, o português está se tornando cada dia mais importante para a área laboral. Neste momento, muitas empresas pedem que você fale português. Em alguns lugares, eles pagam mais por isso. No meu caso, também ajuda em situações que eu tenho que trabalhar, pois eu não preciso da ajuda de outras pessoas para traduzir, eu posso falar diretamente com o cliente.” Engenheiro de Sistemas, atuante na área de Suporte Técnico para o mercado brasileiro

E aprendendo a falar português, os profissionais se deparam com toda a cultura brasileira, algo que atrai estrangeiros.


“Agora que eu posso trabalhar em uma conta em português, meu salário é melhor, mas depende da empresa onde você trabalha. Eu sempre estou estudando, nunca acaba o aprendizado da língua, inclusive eu gostaria de praticar mais. Eu gosto muito do idioma, da música e da cultura." Estudante de Psicologia, atualmente trabalha na área de atendimento ao cliente BackOffice

E não somente empresas necessitam do serviço de pessoas que falam português. Como muitos brasileiros vêm pra Costa Rica para trabalhar, dar treinamentos, etc. eles precisam muitas vezes de auxílio jurídico, então muitos advogados também estão muito interessados em aprender.


“Aprender para poder falar com meus clientes” estudante de Direito e Português em uma universidade.

Além do trabalho, a embaixada do Brasil na Costa Rica oferece bolsas de estudo para estudantes estrangeiros, como a PEC-G, (Programa Estudantes-Convênio da Graduação), dando a oportunidade para os estrangeiros concluírem seus estudos em Institutos de Ensino Superior (IES) no Brasil, assim fazendo um intercâmbio de culturas e propagando internacionalmente o nome de universidades brasileiras pelo mundo afora. E claro, na Costa Rica os estudantes de português aproveitam essa chance.


Infelizmente, muitas vezes a famosa síndrome do vira-lata toma conta do imaginário brasileiro, que acaba não valorizando sua própria cultura, seu idioma, sua comida, suas novelas, suas minúcias.


E quando vemos um país com pessoas tão focadas em aprender tudo que vem de nós, é algo encantador e ao mesmo tempo transformador.


Acredito que é algo que devemos mudar em nosso modo de pensar. Cada vez que nos inteiramos mais de nosso país, mais nos inteiramos de quem somos, e do que podemos, e da nossa verdadeira história.


Texto escrito por Caroline Prado

Professora de Cultura Brasileira e Português para Estrangeiros, internacionalista, estudante de Filologia e Línguas Latinas, Embaixadora do Projeto Libertas Brasil na Costa Rica, apaixonada por plantas, livros e fontes confiáveis.

 

Fontes




Questionário “Qual a importância da língua portuguesa no seu país?” feito pela colunista Caroline Prado

Comments


bottom of page