top of page

Especial América Central: Conhecendo a Costa Rica

Atualizado: 4 de mar. de 2023

A Costa Rica é um pequeno e belo país, muito focado no ecoturismo e no estilo "pura vida", destino muito procurado pelos americanos ou "gringos", como são chamados. Neste instante, tenho um convite a fazer: vamos conhecer um pouco mais sobre esse país incrível?

O Vulcão Arenal é uma das atrações costa-riquenha. Reprodução

Localizada na América Central, a Costa Rica possui um território com pouco mais de 51.000km², em que faz fronteira com a Nicarágua e o Panamá. É banhada pelo mar do Caribe e pelo oceano Pacífico. É um país de democracia bem sólida, que foi declarada independente em 15 de setembro de 1821, seguindo a onda de independência das colônias centro-americanas do reino da Espanha. Seu atual presidente é Rodrigo Chaves.


Com uma população de menos de 6 milhões de habitantes, os "ticos" (gentílico popular para o povo costarriquenho) são descendentes de espanhóis, outros povos europeus e povos indígenas locais, como os Bri Bri, que é um povo bem miscigenado.


Costa-riquenhos com trajes típicos. Reprodução

Agora que conhecemos a localização, população e um pouco mais sobre seu povo, vamos ver mais algumas curiosidades que, com certeza, farão você ter vontade de passar suas próximas férias no país.


Grande biodiversidade

Orquídea selvagem. Reprodução

A Costa Rica possui cerca de 4% da biodiversidade mundial, ou seja, em um território tão pequeno, o verde é predominante. Metade da área do país é ocupada por florestas e também abriga a maior concentração de orquídeas do mundo, de modo que há vários tipos e algumas nascem somente nesse país.


Pura Vida Mae


De acordo com o Índice Planeta Feliz (HPI), da New Economics Foundation (NEF), a Costa Rica ultrapassou 139 países, no que diz respeito aos recursos que disponibilizam para sua população viver feliz. Entre as categorias analisadas estão a da esperança de vida, do bem-estar, da pegada ecológica, entre outras.


Dentro dessa "felicidade", o povo desenvolveu uma expressão que se tornou popular, inclusive mundialmente, que usam muito, seja para cumprimentar alguém que chega ou vai embora, seja para agradecer ou simplesmente desejar bom dia: PURA VIDA. É muito comum você escutar a expressão quando se despede de alguém ou encontra alguém.

Expressão popular costa-riquenha é forma coloquial de cumprimento entre a população. Reprodução

A expressão "Pura vida" acabou tornando-se até nome de música. Realmente as pessoas do país são muito amáveis e educadas, e fazem com que você se sinta muito à vontade.

Nesse sentido, a palavra "mae" normalmente acompanha a expressão anterior. "Mae" (observe muito bem que não é mãe, é MAE, sem acento) significa algo como "cara", "meu truta", "parceiro", "mano", expressões que usamos no Brasil para nos referirmos de maneira popular a alguém próximo, mas o "mae" pode ser usado tanto para homem quanto para mulher, como "Ese mae" ou "Esa mae".



Mais educação e menos exército


A Costa Rica aboliu suas forças armadas no ano de 1948, aderindo ao pacifismo e à neutralidade em conflitos bélicos, inclusive o país tem um ex-presidente que ganhou o Nobel da Paz em 1987. Óscar Arias mediou o "Acordo de paz Esquipulas II", que deu fim a guerras civis nos países vizinhos, El Salvador e Nicarágua.


Com essa economia em treinamento e armamento, o país investiu o capital em educação e saúde, tendo seu nível de bem-estar muito mais elevado do que a média centro-americana.

Embora não tenha exército, as forças civis de segurança do país são bem treinadas e numerosas. A sede da Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) está na capital, em San José.

Pessoas passando pelo vucão Turrialba, um dos mais ativos na Costa Rica. Fonte: Getty Images

Banana como parte da alimentação


O país é tomado por bananais e sua produção é tão grande que a fruta faz parte da alimentação cotidiana da população. Ela é comida frita, como "mistura" (modo como falamos no Brasil para falar da proteína que faz acompanhamento ao prato), em saladas de frutas e de diversas outras formas, das mais variadas possíveis. O que mais chama atenção é o plátano (mais conhecido como banana-da-terra no Brasil), que participa do prato mais típico do país, o Gallo Pinto.


A banana é uma fruta que faz parte da alimentação do país. Reprodução

Gallo Pinto

Gallo Pinto, prato típico, que também pode ter avocado, o abacate pequeno. Reprodução

Já que falamos do prato principal que leva plátano frito, vamos entender mais sobre o Gallo Pinto! Muito diferente do Brasil, na Costa Rica as pessoas comem muito e muito bem pela manhã.


O café da manhã aqui é composto por arroz e feijão fritos, temperados com coentro e pimentão, misturados, uma carne (normalmente o que chamam de chorizo, feita com carne de porco), plátano frito e natilla, um creme a base de leite. Dizem que é mais gostoso quando é feito com o arroz e feijão que temos na geladeira, de um almoço ou janta já preparados anteriormente. Para finalizar, um molho chamado Lizano, também típico do país, a base de vegetais.


Vulcões


Por fazer parte do Cinturón del Fuego ou Anillo del Fuego (Cinturão de Fogo e Anel de Fogo, respectivamente), a Costa Rica possui uma cordilheira de vulcões magníficos e ativos. De acordo com a Rede Sismológica Nacional (RSN), o país tem 120 focos de fogo, mas somente cinco ativos, sendo eles: Rincón de la Vieja, Turrialba, Arenal, Poás e Irazú.

Não se preocupe, pois quando falamos em vulcões ativos, não significa erupções de fogo, e, sim, erupções de fumaça, as quais sempre deixam turistas e moradores encantados.

Hotel com águas termais em La Fortuna, San Carlos, com vista para o vulcão Arenal. Reprodução

No vulcão Arenal, por exemplo, você não tem como chegar à cratera, mas pode passear pela cidade que está literalmente no pé do vulcão, em La Fortuna, onde tem águas termais naturais, com águas oriundas das terras vulcânicas.


Porém, se quiser estar na cratera de um vulcão, o Parque Nacional Volcán Poás está aberto e realiza visitas pré-agendadas com horário marcado para você ter uma experiência inesquecível em um vulcão ativo. Lembrando que as visitas são monitoradas e com uso de EPI's (equipamentos de proteção individual) afinal com segurança não se brinca nunca!

Vista da cratera do vulcão Poás no Parque Nacional Volcán Poás. Reprodução

O Caribe é aqui!


A região do Caribe, na Costa Rica, é uma mistura de cores, povos e águas exuberantes. A cultura afro-caribenha pode ser apreciada nos povos de Tortuguero, Cahuita, Puerto Viejo e Manzanillo.


É uma região para quem quer curtir uma praia paradisíaca e descansar, além de ter parques naturais que chamam a atenção não somente pela natureza, mas também pelo seu estado de preservação, já que a população local investe na manutenção de suas reservas.


O Parque Nacional Cahuita e a Reserva Gandoca Manzanillo têm reconhecimento mundial, por ser exemplo de conservação no Grande Caribe e estão abertos ao público para visitas.


Praia de Manzanillo, na região do Caribe na Costa Rica. Reprodução

Uma curiosidade sobre as praias, não somente as do Caribe, é que diferentemente do Brasil, normalmente não há restaurantes, barraquinhas ou quiosques vendendo comida. A questão da preservação ambiental é tão grande que, para não gerar mais lixo, cada pessoa é responsável por levar sua própria comida e recolher seu lixo. Ou seja, prepare seu cooler e seus petiscos, porque vai ter que levar comida para praia sim.


A Costa Rica é um país cuja cultura e natureza faz do local um destino para muitos turistas que estão a fim de aventuras em plena natureza. O país oferece um ambiente rico, tanto por seu povo, quanto por sua biodiversidade.


Com vulcões, praias incríveis e um povo muy amable, esse destino merece ser incluído nos planos de viagens dos brasileiros, afinal, estamos no mesmo continente e é surpreendente um país que, relativamente perto, é tão diferente do nosso.


Venha conhecer a Costa Rica e descobrir a América Central!


 

Texto escrito por Caroline Prado


Professora de Cultura Brasileira e Português para Estrangeiros, internacionalista, estudante de Filologia e Línguas Latinas, Embaixadora do Projeto Líbertas Brasil na Costa Rica, apaixonada por plantas, livros e fontes confiáveis.



 

Fontes











Foto 3: rove.me


Foto 4: Pinterest





Foto 9: site IG Turismo


Foto 10: site Em Algum Lugar do Mundo


Comentarios


bottom of page